Home Política “Minha prioridade é trabalhar por mais saúde e segurança”

Leandro Ribeiro defende suas bandeiras e diz que prefeito Roberto atende todos os vereadores, independentemente de partido

FERNANDA MORAIS

O vereador Leandro Ribeiro (PTB), primeiro secretário da Mesa Diretora da Câmara Municipal, entrou para a política recentemente. Depois de anos apenas cuidando de seus negócios e participando ativamente dos destinos da Anapolina, Leandro resolveu se candidatar a vereador e saiu vitorioso nas urnas. Acabou escolhido primeiro secretário da Câmara, na gestão do presidente Amilton Filho (SD), uma função importantíssima do ponto de vista de gestão do Legislativo. Em um balanço dos primeiros seis meses no cargo, o petebista afirma que está bem adaptado ao ambiente político e que tem conseguido conciliar, com tranquilidade, as funções de vereador, empresário e presidente de time de futebol. Leandro diz que sua principal preocupação é colaborar com o Executivo no sentido de melhorar a saúde e a segurança pública em Anápolis. Apesar de ser do mesmo partido do prefeito Roberto Naves, ele avalia que todos os vereadores da Câmara, independentemente de sigla partidária, têm encontrado portas abertas para levar suas demandas até o Executivo. Confira a entrevista concedida ao JE na sexta-feira (9).

Depois de seis meses, já está ambientado na política?
Não tem muito mistério. A cada dia temos a atribuição de fazer um estudo sobre qual a realidade do município. São várias demandas e diariamente aparece uma novidade. Também temos as sessões ordinárias, onde aprendemos muito sobre o trabalho de legislador. Graças a Deus não acumulei nenhuma falta ao longo desses seis meses de trabalho em plenário, então estou tranquilo em relação às nossas responsabilidades.

Como tem sido conciliar a Câmara Municipal, a sua empresa e a Anapolina?
Não é fácil. Levanto às 6 horas da manhã e vou dormir depois da meia-noite todos os dias. Mas tenho tranquilidade de dizer que quando a gente trabalha com o que gosta, trabalhamos com prazer. Então não vejo nenhuma dificuldade em conciliar a vereança com a minha empresa, que é familiar. Hoje no meu trabalho como empresário eu tenho um grande apoio do meu pai e da minha irmã. Na Anapolina eu tenho os abnegados, os conselheiros e os diretores que estão do nosso lado nos ajudando a presidir a instituição.

Qual tem sido a principal bandeira de luta do senhor?
Entendemos que o município de Anápolis tem várias demandas. Acho que o calo da administração hoje é a saúde municipal, que precisa ser melhorada. Anápolis absorve atendimento pelo SUS de várias cidades do interior goiano. Cito aqui que municípios como Pirenópolis, que está aqui ao nosso lado, assim como Pires do Rio, cidade mais distante. Esses municípios mandam pacientes para serem atendidos aqui. Isso sem falar nas regiões de Ouro Verde, São Francisco, Campo Limpo, que também buscam esse apoio aqui. Esse fator, claro, prejudica o atendimento local, congestiona as nossas unidades. Tenho essa preocupação e a prioridade do nosso mandato é a saúde. Mas também precisamos voltar os nossos para a segurança pública. O que vemos hoje é uma cidade caótica por falta de investimentos em pessoal e equipamentos. O efetivo de policiais, a quantidade de viaturas disponíveis e de armamento está defasada. Temos feito cobranças para que o Governo do Estado possa ajudar o Executivo para que a cidade volte a ser segura para se viver.

A função do vereador é a mais próxima da população. Nesses seis meses o senhor tem recebido muitas demandas?
Saúde. Em primeiro lugar, sem dúvida, saúde. Existe uma busca muito grande por atendimento, solicitação de melhorias nas unidades do Programa Saúde da Família, pedidos de pessoas que estão em filas à espera por cirurgias eletivas. Então, infelizmente, a maior demanda é saúde.

Como primeiro secretário, qual balanço que faz do trabalho da Mesa Diretora até agora?
A Mesa Diretora tem sido parceira do presidente Amilton Filho. Sempre conversamos muito a respeito das decisões que precisam ser tomadas. O presidente também é bem democrático, sempre realiza reuniões com os integrantes para conversar sobre os assuntos pertinentes a Casa. Temos o impasse dessa obra do novo prédio que está paralisada e precisa passar por auditoria para que seja feita nova licitação. Temos a preocupação com o andamento das obras para melhor atender e receber a população. Hoje o nosso plenário não oferece condições para receber qualquer quantidade de público para as atividades que acontecem na Câmara. A população tem o direito de assistir as sessões, aqui é a casa do povo, e nós vereadores temos vergonha dessa obra parada ao nosso lado, pois consideramos uma situação constrangedora.

O senhor é do mesmo partido do prefeito. Isso facilita o trabalho?
Na verdade, o prefeito Roberto Naves administra a cidade para todos. Todos os vereadores, independentemente de sigla partidária, têm espaço com o prefeito para conseguir solucionar as suas demandas em prol da comunidade. Essa prática é diferente de outras administrações, onde não existia isso. Eu ainda não era vereador, mas tinha conhecimento dessa situação. Os vereadores tinham dificuldades de levar as suas demandas ao Executivo. Então, não muda nada, não tenho vantagem sobre aos outros colegas por ser do mesmo partido do prefeito. O que a gente acompanha de diferente são as reuniões partidárias que o prefeito participa, mas quando se discute a cidade de Anápolis todos os vereadores têm a mesma importância para o prefeito.

Qual a avaliação que o senhor faz do trabalho do Executivo até o momento?
Um trabalho bom. O prefeito pegou muitos problemas e, novamente, falando na área da saúde, a cidade não tinha estoque de remédios e passava por uma situação complicada no que diz respeito a pacientes que aguardavam por cirurgias eletivas. A prefeitura estava endividada, só na saúde eram mais de R$ 14 milhões. Na apresentação de contas recente que tivemos na Câmara Municipal, acompanhamos que a Prefeitura de Anápolis, nesses seis meses, pagou cerca de R$ 27 milhões de contas herdadas da gestão passada. Tem muito para melhorar, a ser feito, mas o prefeito está indo bem, tentando colocar Anápolis nos eixos para que a população tenha uma cidade mais tranquila e organizada para se viver.

Deixe um comentário