Ad
Home Últimas Notícias Preso é liberado de forma indevida pela Casa de Prisão Provisória

Foi libertado nessa segunda-feira (5/10) o auxiliar de serviços gerais Magsoel da Conceição Santos, 24 anos, preso desde 17 de agosto na Casa de Prisão Provisória (CPP), no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. Magsoel foi detido com outras duas pessoas por porte ilegal de arma de fogo com numeração apagada.

No dia 14 de agosto, a Justiça decidiu arquivar o caso e mandou soltar os outros dois. No entanto, mesmo parte do mesmo processo, Magsoel continuou preso.

Sob a alegação de que o homem teve “esquecida” a expedição de alvará de soltura e ficou fora da decisão de arquivamento, a gerente da Defensoria Criminal e Execução Penal, defensora pública Gabriela Hamdan, realizou o pedido de relaxamento de prisão na última sexta-feira (2).

A mãe de Magsoel, Maria Francisca da Conceição Santos, que procurou a Defensoria na quinta-feira, disse ter ficado maravilhada com a rapidez com que o caso foi resolvido pela instituição. “Minha nossa, estou maravilhada, graças a Deus foi muito rápido. Agora estou indo esperar meu filho sair na porta do Complexo Prisional.”

cpp

Deixe um comentário