Ad
Home Últimas Notícias Governo de Goiás lança construção de 369 moradias a custo zero em...

Lançamento foi realizado durante evento da Agência Goiana de Habitação (Agehab), em Formosa, com assinatura de ordens de serviço para início imediato de obras. Serão investidos R$ 46 milhões provenientes do Fundo Protege. Famílias da cidade recebem 750 cartões do programa Aluguel Social

Publicado: 09.03.2022

A Agência Goiana de Habitação (Agehab) lançou, nesta terça-feira (08), as obras para a construção de 369 moradias a custo zero, do programa Pra Ter Onde Morar – Construção, em nove municípios do nordeste goiano. O lançamento foi realizado com assinatura de ordens de serviço durante evento, em Formosa. Também foram entregues 750 cartões do programa Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social. Ambas modalidades, Construção e Aluguel Social, têm recursos provenientes do Fundo de Proteção Social de Goiás (Protege), coordenado pelo Gabinete de Políticas Sociais (GPS).

Além de Formosa, que vai receber 50 unidades, também São João D’Aliança (50 unidades), Alvorada do Norte (50), Buritinópolis (30), Damianópolis (30), Guarani (30), Águas Lindas (70), Mimoso (29) e Alto Paraíso (30) estão habilitados agora para construir novas moradias. “Essas cidades já fazem parte da segunda etapa do programa Construção, que engloba 42 municípios. Além deles, já estão a todo vapor as obras em outras 30 cidades da primeira etapa”, explica o presidente da Agehab, Pedro Sales.

Ao lado do governador, mais cedo, Sales assinou as ordens de serviço para o início das obras e depois representou Caiado no atendimento do Aluguel Social. “As casas a custo zero são para famílias com renda de até um salário mínimo, que em qualquer circunstância têm dificuldades”, diz. No Dia da Mulher, ele aproveitou para lembrar a importância da luta feminina. “Cumprimento todas as mulheres aqui presentes, líderes de famílias, que cuidam do emprego, dos filhos, de casa. Deve-se respeitar o espaço da mulher, dando a elas condição de igualdade.”

Programa pioneiro

As mulheres, aliás, são a maior parte na titularidade dos atendimentos realizados pela Agehab. São maioria nas entregas de escrituras, Aluguel Social e de unidades habitacionais. Neste último caso, conforme estipula a legislação estadual, elas também serão prioridade como titulares das casas a custo zero da modalidade Construção. Criado em 2021, o programa é inédito no Brasil e tem despertado o interesse de outras secretarias e órgãos equivalentes de habitação pelo modelo pioneiro.

Sem financiamentos bancários, as moradias a custo zero são pagas integralmente pelo Governo de Goiás, sendo que os terrenos regularizados são doados pelas prefeituras. Para as 369 moradias lançadas em Formosa, por exemplo, serão investidos R$ 46 milhões oriundos do Fundo Protege. Os outros 30 municípios que já iniciaram as obras na primeira etapa somam 1,2 mil moradias. Com a segunda fase, serão ao todo 72 municípios goianos em atendimento pela modalidade.

Aluguel Social

Focado em atender famílias em emergência habitacional, o programa Aluguel Social também beneficiou 750 famílias, em Formosa. Cada beneficiário aprovado recebe R$ 350 mensais, por 18 meses, para custeio de aluguel. Criado há pouco mais de três meses, o programa vem para transformar a vida de gente como Kênia Mikaelly, de 26 anos, mãe solo que recebeu seu cartão na cidade.

Ao receber o auxílio no Dia da Mulher, Kênia refletiu sobre a luta diária e como o auxílio é importante. “Com essa pandemia, principalmente quem é mãe sozinha sabe como é difícil. Então, é uma oportunidade para dar uma amenizada”, observa. Amigas, Graziela Aparecida, 26, e Eliane Conceição, 25, também receberam o benefício. “A gente precisa muito, e conseguir isso… não dá nem pra descrever”, disse Graziela, também mãe solo. “Fiz a inscrição pelo site junto com a Graziela, nos incentivamos e agora estamos aqui juntas”, comemorou Eliane, mãe de três filhos.

Fonte: Agência Goiana de Habitação- Agehab

Deixe um comentário