Home Cidades Ensino público de qualidade

Alcançar o primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de Goiás e ser destaque no Enem, não é para qualquer colégio: essas marcas das unidades da Polícia Militar

 

JOÃO AQUINO

Especial para o JE

A consolidação e expansão dos Colégios da Polícia Militar do Estado de Goiás foi alcançada nos governos de Marconi Perillo, a partir de 1999. Atualmente, estão em funcionamento as seguintes unidades: Colégio da Polícia Militar de Goiás – Hugo de Carvalho Ramos (Goiânia; CPMG Polivalente Modelo Vasco dos Reis (Goiânia); CPMG Ayrton Senna (Goiânia); CPMG Dr. Cézar Toledo (Anápolis); CPMG Dionária Rocha (Itumbiara); CPMG Carlos Cunha Filho (Rio Verde); CPMG Tomaz Martins da Cunha (Porangatu); CPMG Polivalente Gabriel Issa (Anápolis); CPMG Dr. Pedro Ludovico (Quirinópolis); CPMG Professor João Augusto Perillo (Cidade de Goiás); CPMG Manoel Vilaverde (Inhumas); CPMG Fernando Pessoa (Valparaíso); CPMG José de Alencar (Novo Gama); CPMG Nestório Ribeiro (Jataí); CPMG José Carrilho (Goianésia); CPMG Maria Tereza Garcia Neta Bento (Jussara) e CPMG Palmeiras (Palmeiras de Goiás). Outras unidades já foram autorizadas a adotar o modelo de ensino e estão em fase de implantação.

A escolha dos alunos que podem matricular-se no CPMG é feita através de sorteio. As vagas são destinadas aos filhos e dependentes de policiais militares e também pessoas da comunidade em geral. Os professores são cedidos pela rede estadual de ensino e ficam à disposição da corporação.

Em Anápolis, são duas unidades: CPMG Dr. Cézar Toledo, situado no Bairro Alexandrina e o CPMG Polivalente Gabriel Issa, localizado na Vila Nossa Senhora da Abadia.

Em Goiás, há quase unanimidade quanto a excelência do ensino ministrado nos colégios da Polícia Militar. As vagas são disputadas por milhares de pretendentes, cujos pais ficam muito frustrados quando não conseguem ingressar seus filhos num CPMG. Infelizmente, grande parte da sociedade brasileira tem dificuldades de incutir nas crianças e adolescentes o sentido do respeito, do caráter e, principalmente, da disciplina, que não quer dizer adestramento, até porque os CPMG lidam com crianças e adolescentes.

Alcançar o primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de Goiás e ser destaque no Enem, não é para qualquer colégio. Ter professores respeitados e motivados para o trabalho, também não. As críticas esparsas pairam sobre as regras rígidas e normas obrigatórias a serem seguidas: uso da farda impecável, aparência pessoal bem cuidada, hierarquização nas relações interpessoais e a presença dos militares, alguns portando suas armas de trabalho, para a garantia da segurança no ambiente escolar.

As acusações infundadas são fruto da ignorância de quem não tem habilidade de compreender a necessidade da disciplina como um valor fundamental ao convívio social. Obviamente, quem não quiser matricular seus filhos em escolas com disciplina militar, não é obrigado a fazê-lo. Já os pais que tiveram a sorte de conseguirem uma vaga num CPMG, estão felizes e satisfeitos com a melhora no desempenho escolar dos seus filhos e com a mudança de comportamento para melhor, o que traz harmonia e alegria para qualquer família.

Deixe um comentário