Home Cidades Jonas Duarte modernizado  

A praça esportiva que figura entre as mais importantes e tradicionais de Goiás, mais que um estádio, passa a ser um grande centro de lazer e de convívio para as pessoas

 ORISVALDO PIRES

Os historiadores contam que o futebol em Goiás nasceu em 1907, o mesmo ano da mudança do nome de Sant’Ana das Antas para Anápolis, em Vila Boa (hoje Cidade de Goiás). A iniciativa teria sido dos estudantes vindos de São Paulo, Walter Sócrates do Nascimento e Renato Marcondes de Lacerda. O primeiro clube profissional goiano foi o União Americana Esporte Clube, fundado em 28 de abril de 1936. O Campeonato Goiano teve sua primeira edição, ainda na era do amadorismo, em 1944, com cinco times: Vila Nova, Goiânia, Atlético, Goiânia e Campinas.

Em 1962 o futebol foi profissionalizado. Três anos mais tarde, exatamente em 10 de abril de 1965, era inaugurado um dos mais tradicionais monumentos do esporte em Goiás. O então prefeito Jonas Ferreira Alves Duarte construiu o estádio que posteriormente fora batizado com seu nome. Tinha apenas um lance de arquibancadas cobertas. Naquele mesmo ano, em 28 de novembro, o Anápolis conquistava seu primeiro o único título de campeão goiano da 1ª divisão.

O Estádio Jonas Duarte era considerado um dos símbolos do discurso da modernidade em Anápolis. Foi construído num momento de transformações da vida social e do cenário urbanístico da cidade, motivado pela construção de Brasília. O estádio passou a representar um dos exemplos do dinamismo da cidade no cenário goiano. Sua construção foi buscada com empenho pela comunidade anapolina, era algo desejado à época. Aquela importante obra arquitetônica tinha como perspectiva, revelam os historiadores, mostrar o desenvolvimento da cidade.

Anos mais tarde o estádio ganhou outro lance de arquibancada, as descobertas. Depois a arquibancada foi ampliada no lado sul, quando foi fechado o que é conhecido como ‘ferradura’. Ao longo dos tempos recebeu apenas obras de retoque, menos profundas. Mas, agora, está pronto para passar por uma transformação que mais uma vez vai reafirmar Anápolis como cidade do progresso e da modernidade. O prefeito João Gomes assinou contrato com a empresa GM Engenharia, Construções e Comercial Ltda, vencedora do processo licitatório, responsável pelas obras de ampliação das arquibancadas e modernização do sistema de iluminação.

Nas últimas semanas o estádio foi preparado para receber máquinas, equipamentos e operários que vão realizar este projeto. O placar eletrônico foi retirado e foram realizadas perfurações para sustentar as estruturas dos tapumes onde serão iniciadas as fundações para o novo lance de arquibancada. A administração do estádio, paralelamente às obras, também promove a recuperação do gramado, com aplicação de insumos, irrigação e todos os tratamentos necessários para que o gramado seja preservado.

O projeto prevê o fechamento do anel das arquibancadas do estádio, que hoje tem capacidade de pouco mais de 10 mil torcedores. A capacidade vai aumentar em pelo menos mais cinco mil lugares. A área onde está o estádio é íngreme e, por isso, exige a construção de fundação de longo alcance. Sem contar com o espaço que é reduzido na parte de trás das arquibancadas. Será feita também a substituição e modernização de todo o sistema de iluminação, que será instalada de tal maneira que acolha a segunda etapa do projeto, que ocorrerá um pouco mais adiante, que consistirá na construção de cobertura para toda a arquibancada.

O prefeito João Gomes, além de empresário há décadas em Anápolis e prefeito, é também um desportista. Já exerceu a presidência do Anápolis Futebol Clube e, quando vice-prefeito, em 2010, foi um dos principais articuladores, ao lado do então prefeito Antônio Gomide, da criação da lei do programa ‘Torcida Premiada’, que beneficia o Anápolis e a Associação Atlética Anapolina. Motivado pela importância do esporte sob o aspecto do desenvolvimento social e humano, e considerando a força do futebol na projeção de Anápolis no cenário nacional, João Gomes dá início às obras que prometem revolucionar o esporte anapolino.

O Estádio Jonas Duarte entra na era da modernidade, igualando a cidade aos grandes centros esportivos do país. A praça esportiva que figura entre as mais importantes e tradicionais de Goiás, mais que um estádio, passa a ser um grande centro de lazer e de convívio para as pessoas. Os recursos para a execução das obras são oriundos de emendas destinadas pelos deputados federais Rubens Otoni e Jovair Arantes, e dos cofres da Prefeitura Municipal.

Deixe um comentário