Ad
Home Destaques Carregador de celular movido a pedaladas de alunos de Anápolis será apresentado...

Um projeto de alunos do Sesi Jundiaí, de Anápolis, que transforma energia cinética em energia elétrica será apresentado na Mostra Sesi de Ciências e Engenharia, que acontece nesta sexta-feira (30/9), a partir das 13h, na Casa da Indústria, em Goiânia.

O projeto dos estudantes anapolinos propõe usar um motor de passo para transformar a energia cinética (gerada, por exemplo, por pedaladas em uma bicicleta) em corrente elétrica, que seria distribuída por uma malha em série. Um dos usos dessa energia seria para carregar a bateria do celular.

Cerca de 50 estudantes de escolas Sesi de Goiânia, Anápolis, Crixás, Niquelândia e Minaçu vão expor projetos com temas voltados à educação ambiental, tecnologia, alimentação e química. Três equipes serão selecionadas para a fase nacional da disputa, que será realizada em novembro, em Brasília.

O evento se destina a promover atividades de iniciação à pesquisa científica para estudantes da instituição do Sistema Fieg, por meio de práticas pedagógicas “hands on” (aprender fazendo), incentivando a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo.

A mostra é uma parceria com o Departamento do Nacional do Sesi com o Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológicos (LSI-TEC), associado à Escola Politécnica da USP, que é responsável pela coordenação e implantação da Febrace (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia).

Confira alguns projetos:

Transformando energia cinética em energia elétrica: aproveitando o movimento – Sesi Jundiaí
O projeto propõe usar um motor de passo para transformar a energia cinética (gerada, por exemplo, por pedaladas em uma bicicleta) em corrente elétrica, que seria distribuída por uma malha em série.

A necessidade da mudança de hábitos alimentares – Sesi Crixás
Os alunos apresentam experiência na substituição dos lanches tradicionais da cantina escolar por alimentos saudáveis. O projeto foca no controle da obesidade, na reeducação alimentar e melhoria da qualidade de vida das crianças e adolescentes.

Descarte correto do soro do leite – Sesi Niquelândia
Os estudantes propõem a criação de um creme hidratante e um sabonete com a reutilização do soro derivado do leite. A ação solucionaria um problema socioambiental, o efeito DBO (Demanda Bioquímica de Oxigênio), causado pelo descarte incorreto do produto.
Exointelectual – Sesi Canaã
A equipe desenvolveu um mecanismo para garantir acessibilidade, locomoção segura e independência aos deficientes visuais por meio de um dispositivo robótico que, acoplado ao corpo, detecta um alvo a 2 metros de distância. O equipamento avisa o usuário da sua localização. O mecanismo foi totalmente desenvolvido em plataforma programável de baixo custo.

Deixe um comentário