Ad
Home Últimas Notícias Retorno de 126 presos é uma grande vitória, diz presidente do Conselho...

ANA CLARA ITAGIBA
(Foto: Ismael Vieira)

Nota divulgada pela Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), informa que as obras da Penitenciária Odenir Guimarães (POG), em Aparecida de Goiânia, precisam de 135 dias para serem concluídas.

Esse prazo afeta diretamente Anápolis, já que o novo presídio da cidade recebeu 558 detentos da POG no dia 24 de fevereiro, antes mesmo de sua inauguração.

gilmar_alvesNesta terça-feira (28.mar.17), em conversa por telefone com o JE Online, o presidente do Conselho da Comunidade na Execução Penal, advogado Gilmar Alves (foto), disse que os presos que hoje ocupam a ala A do novo presídio começam a ser transferidos a partir do dia 31 de março. “Ao todo são 126 presos, mas a princípio a transferência será de 30 em 30”.

Gilmar Alves confirmou que o Estado pediu 135 dias para a reforma da POG, pois esse foi o prazo solicitado pela empresa que fará o trabalho. O custo total do projeto é de R$ 2,8 milhões. Além de recuperar aquilo que foi destruído com a briga de facções, a ideia é construir um muro na penitenciária de Aparecida de Goiânia, que separe os grupos rivais.

Gilmar disse que procurou a juíza Lara Gonzaga de Siqueira na manhã desta terça-feira (28.mar.17), para conversar sobre as informações dadas pela SSPAP. “Para nós é uma grande vitória, porque nós sabemos que se deixarmos, eles iriam ficar aqui de dois a três anos. Estamos aguardando a decisão da doutora Lara, mas hoje eu conversei com ela, que se mostrou satisfeita. Nós estamos favoráveis ao acordo”, disse.

Em reunião na sexta-feira (24.mar.17), no Tribunal de Justiça, em Goiânia, a juíza de Anápolis, que deu a sentença pedindo o retorno dos presos para a POG no prazo de 15 dias, confirmou que aguardava um cronograma das obras em Aparecida e do retorno gradual dos presos para decidir se reconsiderava sua decisão.

Deixe um comentário