Ad
Home Destaques Nenhuma OS foi escolhida para assumir escolas estaduais

seduce

A escolha de uma Organização Social (OS) para assumir a gestão das escolas estaduais da regional de Anápolis ainda não foi feita. O processo para a definição desse nome foi encerrado essa manhã após análise das propostas técnicas de cinco entidades e nenhuma apresentou a capacidade técnica exigida pela Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte (Seduce). Um novo processo será iniciado na segunda-feira, dia 28.

Esse novo processo começará do zero e mesmo as entidades desclassificadas ao longo do processo poderão apresentar propostas. Até agora, 20 entidades já possuem a chancela de OS da Educação em Goiás. Mas antes que o processo ocorra, a Seduce deverá convidar as OSs para workshops sobre o que a pasta espera das gestoras. “Continuaremos com as exigências porque queremos uma entidade capaz de nos ajudar nessa tarefa de fazer uma educação melhor.”

A necessidade da realização dos workshops se deu após as entidades não apresentarem propostas condizentes com as exigências do edital. Segundo a secretária Raquel Teixeira disse em entrevista coletiva na manhã de hoje, muitas das OSs não entenderam os papéis de atuação na gestão compartilhada. “Esse é um modelo novo e queremos muito que ele dê certo, por isso, só o colocaremos em prática quando tudo estiver certo, de acordo com nosso planejamento.”

Deixe um comentário