Ad
Home Últimas Notícias Vendedor é suspeito de matar a mulher por ciúmes, em Nerópolis

vítima

Uma mulher foi encontrada morta nesta segunda-feira (4), dentro da casa onde morava, em Nerópolis, Região Metropolitana de Goiânia. Segundo a Polícia Civil, Lusinei Inácio da Silva, de 27 anos, foi ferida a facadas. O suspeito do crime é o marido da vítima, o vendedor ambulante Claiton de Lima Moraes, de 27 anos, que teria cometido o crime por ciúmes. Ele está foragido.

A vítima foi encontrada na sala do imóvel. O sobrinho dela, Rafael da Silva Gomes, disse que Claiton telefonou para a família dela avisando que havia cometido o crime. Os parentes foram até o local e localizaram o corpo.

“[Após o crime] ele pulou a janela. Nisso, ele foi a um ponto de ônibus e pegou o celular de um cara emprestado, ligou para minha tia e falou que tinha matado ela. Ele falou assim: ‘Matei sua irmã, é para você vir buscar ela'”, conta.

Lusinei tinha quatro filhos com idades entre 11 e um ano, sendo que apenas o mais novo era fruto do relacionamento com Claiton. Eles estavam juntos há cerca de três anos. De acordo com a delegada Azuen Areballo, responsável pelo caso, o casal brigava bastante.

“Ele era bastante ciumento e ela também. Temos relatos de familiares de brigas quando ele trabalhava em uma feira, e ela quebrar a banca de vendas inteira. Era um casal que tinha bastante ciúmes dentro do relacionamento”, ponderou.

As discussões eram tantas que, há cerca de dois meses, eles tiveram que se mudar de uma casa devido a reclamações dos vizinhos. Rafael salientou ainda que, na semana passada, Lusinei pediu para a sogra e a irmã buscarem as crianças porque eles estavam brigando muito.

“Ele foi no bar e bateu nela. Ela foi lá na casa da sogra dela, pegou uma faca e disse que ia matar ele. Depois disso, ele também falou que ia matar ela”, comenta.

Drogas
A delegada explicou ainda que Claiton era usuário de drogas. Após iniciar o relacionamento com Lusinei, ela também começou a usar entorpecentes.

Azuen revelou que o vendedor já tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas e venda de DVDs piratas, além de uma tentativa de homicídio contra a própria mulher, em novembro do ano passado.

Deixe um comentário