Ad
Home Últimas Notícias Marconi Perillo anuncia projeto do Passe Livre Estudantil para Anápolis

LUANA CAVALCANTE

O programa Passe Livre Estudantil (PLE), do Governo de Goiás, será implantado em Anápolis. A assinatura do projeto de lei que garante o benefício foi feita na manhã desta quinta-feira (9/2), no Auditório Mauro Borges, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia. O prefeito Roberto Naves (PTB) participou do evento.

Nesta etapa, a cidade de Rio Verde também recebe o projeto Passe Livre Estudantil. Segundo o governador Marconi Perillo, o foco não é beneficiar apenas os estudantes em vulnerabilidade social, mas todos os estudantes de Goiás.

O Passe Livre Estudantil está presente em apenas seis capitais do país, sendo Goiânia uma delas. Em um primeiro momento, apenas os estudantes da região metropolitana da capital podiam requerer o benefício.

Atualmente, o Passe Livre Estudantil já atende mais de 60 mil estudantes, independentemente de estarem matriculados em escolas ou universidades públicas ou privadas.

Podem obter o benefício estudantes que regularmente matriculados em uma Instituição de Ensino. Além disso, é necessário que o aluno tenha cadastro ativo no Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de Goiânia (Setransp).

O secretário de Governo, Tayrone Di Martino, explicou que, em Anápolis, 15 mil estudantes serão beneficiados pelo Passe Livre Estudantil e 5 mil em Rio Verde. Segundo ele, a meta do governo é interiorizar o programa. As próximas cidades a serem contempladas serão Jataí e Catalão e o programa também será lançado em breve no Entorno de Brasília.

Tayrone explicou ainda os estudantes já contam com desconto de 50% na tarifa e o Estado se encarrega dos outros 50%, com o compromisso de universalidade do benefício. Em Anápolis e Rio Verde, o valor do subsídio garantido pelo governo estadual deverá somar R$ 747 mil mensais. Segundo o secretário, para ter acesso ao programa, o município precisa ter transporte coletivo com uso de bilhetes eletrônicos. Esta semana, adiantou, agendou reunião na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em Brasília, na perspectiva de ampliar o Passe Livre Estudantil nos municípios do Entorno de Brasília.

1 resposta a este post
  1. Só está difícil contar com o passe livre estudantil. Hoje são 15/02/2017, fiz cadastro de meus filhos em janeiro e até hoje não saiu. Sempre atrasa, desde que foi implantado aqui em Goiânia. A última previsão que me deram foi 17/02/2017, sexta-feira. Já pensou no ano letivo começar dia 20/02/2017? Só atrasos. Estou muito chateada. Estão é ampliando esse estresse de esperar para outras cidades.

Deixe um comentário