Ad
Home Destaques Anápolis é a única cidade goiana a receber nota máxima do ICMS...

Líder isolado entre os 184 que participaram da avaliação, município atende os nove critérios de pontuação

Publicado: 04.07.2021

Após passar o prazo de recursos para as prefeituras de todo o Estado apresentarem as documentações sobre o ICMS Ecológico para a Secretaria de Estado de Meio Ambiente Sustentável, sai o ranking estadual, premiação que nada mais é do que um reconhecimento das boas práticas ecológicas realizadas em cada município. Anápolis leva o primeiro lugar com louvor, gabaritando o questionário e convertendo cerca de R$ 3,5 milhões para os cofres públicos.

Dos 246 municípios do Estado, 184 participaram da avaliação. A nota máxima, alcançada somente por Anápolis, é nove. Outras 14 cidades atingiram nota oito: Buritinópolis, Daminanápolis, Divinópolis de Goiás, Goiatuba, Santo Antônio da Barra, Mairipotaba, Rianápolis, Uruaçu, Indiara, Cumari, Cocalzinho de Goiás, Nerópolis, Campo Alegre de Goiás e Caldazinha. Na Região Metropolitana, Aparecida de Goiânia, por exemplo, somou nota sete e Rio Verde, no Sudoeste do Estado, nota seis.

Entre os critérios estão: ações de gerenciamento de resíduos sólidos (inclusive hospitalar e da construção civil), educação ambiental, execução de programas de risco de queimadas, conservação do solo e biodiversidade, proteção de mananciais, identificação de fontes de poluição sonora ou visual e existência de legislação sobre a política municipal de meio ambiente. “É com muito orgulho que recebemos esse resultado e sabendo que sempre podemos e vamos melhorar em relação às questões ambientais”, diz o secretário do Meio Ambiente, Habitação e Planejamento Urbano, Mauro Douglas Ribeiro.

Tradição
Essa está longe de ser a primeira vez que Anápolis é referência na área ambiental. Em 2019, ganhou o prêmio Destaque em Gestão Ambiental Municipal da Associação Municipal de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (Anamma) e, no mesmo ano, foi a única cidade do País convidada a participar de um dos congressos mais relevantes sobre biodiversidade e sustentabilidade do mundo – o Global Platform for SustainableCities –, promovido pelo Banco Mundial. O município ainda deu início à segunda etapa, este ano, da parceria com a Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ) para o “desenvolvimento de soluções sustentáveis no sistema de áreas verdes de Anápolis” – consolidando o destaque nacional, já que foi uma das seis cidades do País a participar do projeto-piloto.

Deixe um comentário