Ad
Home Destaques Contemplados com o Bolsa Atleta assinaram Termo de Compromisso

Programa oferece 300 bolsas em 25 modalidades diferentes para estimular a carreira esportiva dos anapolinos

Publicado: 31.07.2022

Na manhã desta sexta-feira, 29, 62 atletas anapolinos compareceram à cerimônia de assinatura do Termo de Compromisso do programa Bolsa Atleta, da Prefeitura de Anápolis. A iniciativa contempla atletas que buscam o aperfeiçoamento esportivo dentro de sua respectiva modalidade, por meio de incentivo financeiro pago mensalmente, de R$ 250 a R$ 500, conforme a categoria do atleta.

“Passamos uma certa dificuldade em relação a material e esse auxílio será uma força a mais para incentivar o meu filho”, conta Thabita Pereira, mãe de um dos atletas contemplados para a modalidade skate.

“Com a Bolsa Atleta, o skate tem ganhado importância aqui na cidade”, destaca Pedro Augusto, de 14 anos, praticante de skateboard, uma modalidade que se tornou um esporte olímpico a partir dos jogos realizados em 2020, em Tókio.

O benefício é mantido por seis meses e pode ser usado para cobrir gastos com educação, alimentação, saúde, treinamento e aquisição de equipamentos, pagamento de taxas de competições e transporte para participação em eventos esportivos fora da cidade. Neste ano, 300 bolsas foram disponibilizadas, quatro por categoria em cada modalidade esportiva, sem distinção de gênero, sendo reservadas 10% do número total de bolsas para atletas paradesportivos.

O Bolsa Atleta atende 25 modalidades: atletismo, badminton, basquete, boxe, breaking, capoeira, ciclismo, fisiculturismo, futebol/futebol society, futsal, ginástica olímpica, handebol, hipismo, jiu-jitsu, judô, karatê, kickboxing, muay thai, natação, patins e skate práticas radicais, tae kwon do, tênis de mesa, tênis de quadra sintética, voleibol de quadra sintética e de areia e xadrez.

“Sabemos o quanto de energia e gastos a família tem com o desenvolvimento de cada atleta. Queremos participar da vida destes desportistas e ajudá-los na busca de suas conquistas”, declara o prefeito Roberto Naves. Na oportunidade, ressaltou que fará a reabertura do edital, pois devido à pandemia, muitos campeonatos foram suspensos e os atletas não conseguiram marcar a pontuação necessária para garantir a bolsa. O chefe do executivo também falou sobre o planejamento para o reajuste do valor da bolsa.

Os atletas são divididos em três categorias, conforme a idade e o rendimento. A categoria Atleta de Base 1, com bolsa de R$ 250, atende crianças de 8 a 12 anos, e a categoria Atleta de Base 2, com bolsa de R$ 400, atende adolescentes de 13 a 17 anos. A terceira categoria é a de rendimento, com bolsa de R$ 550, que atende atletas a partir de 13 anos que participam de competições esportivas em âmbito estadual e/ou nacional e estejam entre os 20 primeiros colocados do Estado em sua modalidade ou prova específica. O resultado final do Bolsa Atleta pode ser conferido aqui.

O programa tem forte impacto na vida do esportista. Exemplo disso são os anapolinos Leonardo Dutra, atleta de handebol, que jogou pelo time Handesfa Handebol, em Anápolis, e hoje é atleta da Seleção Brasileira de Handebol, e Juliana Balbino, atleta de kickboxing, bolsista desde 2019 e contemplada novamente neste edital. Ela já é tetracampeã goiana, bicampeã brasileira, campeã da Copa América, vice-campeã sul-americana e vice-campeã mundial. A variedade de modalidades atendidas pelo programa também é de suma importância para a inclusão e incentivo de novos atletas.

Deixe um comentário