Home Esportes Francis Melo deixa o Galo e comissão técnica tem baixas

IGOR NERY
(Especial para o JE)

Dentro de campo, a vitória diante do Goianésia deu certa tranquilidade ao Anápolis, na busca da permanência no Goiano Série A. Fora das quatro linhas, no entanto, a semana foi agitada. O presidente do Conselho Deliberativo, José Paulo Tinazo, confirmou ao Jornal Estado e à Geração do Esporte (Rádio Manchester), que o diretor de futebol, André Hajjar, por questões particulares, deixa a direção de futebol. No entanto, continua como apoiador e colaborador.

A empresa Francis Melo Assessoria e Gestão Esportiva anunciou nesta semana, o fim da parceria com o Anápolis Futebol Clube. O gestor Francis Melo, dono do empreendimento, iniciou os trabalhos na Boa Vista em 2015. No primeiro ano, o Galo colaborou com a ASEEV-GO (Evangélica) cedendo atletas do seu plantel. A equipe goiana conquistou a 3ª Divisão do estadual de forma invicta.

Em 2016, o Anápolis chegou à final do Goianão da 1ª Divisão, sendo derrotado nos pênaltis para o Goiás, no estádio Serra Dourada. Também alcançou vaga inédita para a Copa do Brasil de 2017, Copa Verde e Brasileiro Série D.

Nesta temporada, o Tricolor não encontrou seu futebol. Foi eliminado de forma precoce da Copa do Brasil e, além disso, passou quase toda a primeira fase brigando contra o rebaixamento. Nesta sexta-feira (24) também comunicaram suas saídas do Galo o supervisor, Daniel Porto, e o auxiliar técnico, Alexandre Gracelli, que foram trazidos por Francis Melo. Nos bastidores fala-se da possível contratação de Rogério Mancini, ex-técnico do Anápolis Futsal, auxiliar técnico do Rio Verde e técnico do Vila Nova.

Empresário elenca avanços, agradece torcida tricolor e enaltece diretores do Galo

“COMUNICADO OFICIAL

Nossa empresa orgulha-se de ter ajudado a escrever uma das páginas mais bonitas da história do Galo da Comarca, com o vice-campeonato Goiano de 2016, a volta do time à disputa do Campeonato Brasileiro após oito anos fora do cenário esportivo nacional e a inédita disputa da Copa do Brasil.

Fora de campo, buscamos resgatar a memória do clube, homenageando os grandes ídolos do passado com o “Galo de Ouro”. Ao mesmo tempo, colocamos o Anápolis em evidência na imprensa nacional com o apoio de grandes nomes do futebol mundial, como Fred, Marcelo Moreno, Léo Moura, Rafael Marques, Rodrigo Caetano, Vinícius Eutrópio, entre outros.

Através do nosso trabalho, em menos de um ano, o Anápolis foi inserido no circuito de transações do mercado do futebol, com as negociações do goleiro Felipe, dos volantes Ramires e Felipe Baiano, do meia Lucas Sotero e do zagueiro Renato Justi.

Nossa participação ativa na intermediação das contratações de ídolos da equipe, como Toró, Felipe, Leandro Euzébio, Marcelinho, Marcelo, Furlan, Felipe Baiano, Lucas Sotero, Fabinho (gerente de futebol) e Waldemar Lemos, é prova contundente de que o clube está no caminho certo para alcançar seu maior objetivo, que é chegar à Série B do Campeonato Brasileiro. Fica aqui a nossa torcida para que o time siga firme nesse propósito.

Agradecemos o apoio incondicional dado pelo presidente do conselho deliberativo, José Paulo Tinazo, pelo diretor de futebol, André Hajjar. Sem eles, nada disso teria sido possível. Aos conselheiros Karin Abrahão e Roosewelt Veloso, ao secretário-geral, Seu Alberto Henrique, agradecemos a amizade e o companheirismo desde sempre.

À torcida, nossa eterna gratidão e carinho, em especial à TIT, à Resenha do Galo, à Vera Mota e ao Leonardo Batista. Aos amigos da imprensa, o pedido para que continuem trabalhando com o intuito de ajudar o Anápolis a ser cada vez maior.”

Fonte: Comunicado Oficial da empresa Francis Melo Assessoria e Gestão Esportiva

Diretoria faz agradecimento a empresário

A diretoria do Anápolis Futebol Clube divulgou nota se manifestando em relação ao desligamento do empresário Francis Melo.

“O Anápolis Futebol Clube, ao mesmo tempo em que lamenta o fim da parceria com a empresa Francis Melo, manifesta-se de forma agradecida pelo tempo que durou esta relação.

Ao longo deste período o clube experimentou crescimento em sua filosofia de gestão, mais moderna e adequada à realidade do futebol no Brasil e no mundo.

A relação entre o clube e o empresário Francis Melo foi sempre marcada pela cordialidade, respeito, transparência e honestidade. Em 2015 colhemos como fruto o título da 3ª Divisão do Goiano, em parceria com a Evangélica, e em 2016 chegamos ao vice-campeonato goiano.

Pela primeira vez disputamos uma Copa do Brasil e, para 2017, visualiza-se um horizonte promissor para a disputa do Brasileiro da Série D, com boa expectativa de ascensão à Série C.

Portanto, em nome do Anápolis Futebol Clube e de nossa gloriosa torcida, manifestamos profundo agradecimento ao empresário Francis Melo pela forma sempre correta, amiga e profissional que sempre tratou este clube.

Anápolis Futebol Clube

Deixe um comentário