Ad
Home Destaques Preço do presente dos namorados pode variar mais de 430%

Uma pesquisa feita pela Superintendência Estadual de Proteção aos Direitos do Consumidos de Goiás (Procon-GO) revela uma grande variação de preços dos possíveis presentes para o Dia dos Namorados, em Goiânia. Em alguns casos, a diferença do preço cobrado pelo mesmo produto em estabelecimentos diferentes pode chegar a mais de 430%.

A pesquisa foi feita em 25 estabelecimentos comerciais da capital, nos shoppings e comércio de rua. Os preços de 39 produtos foram comparados pelo órgão, que afirma que o consumidor deve fazer uma pesquisa.

“O lojista aposta que ele não vai pesquisar e quer levar vantagem com isso. Então essas variações de preços são boas para o consumidor, caso ele faça essa análise, pois ele pode economizar. Caso contrário, ele vai pagar até quatro vezes mais pelo mesmo produto”, destacou o gerente de pesquisa e cálculo do Procon-GO, Gleidson Tomaz.

Segundo a pesquisa, as tradicionais buquês de rosas, com 12 unidades, têm variação de 42,86%, com menor valor de R$ 70 e o maior de R$ 100. Já o vaso de Gérbera registrou a maior diferença na categoria, com variação de 433,33%, vendida entre R$ 15 e R$ 80.

Outro recordista de variação é o secador de cabelos, sem considerar marca e modelo, que pode ter variação de 300,58% no preço, ficando entre R$ 49,90 a R$ 199,89. Já o barbeador elétrico tem variação de 150,18%, oscilando entre R$ 79,90 a R$ 199,89.

Os perfumes importados idênticos registram variação de 82,39%, com preços entre R$ 142 e R$ 259, e as cestas de café da manhã, com tamanho grande, oscilando até 57,23%, com valores entre R$ 127,20 a R$ 200.

Segundo Gleidson, apesar de se preocupar com as compras, o consumidor deve se atentar para não acumular dívidas. “É interessante que a pessoa já saiba o produto que ela comprar ao sair de casa e tenha uma noção do quanto ela pode gastar. Com isso, ele não vai descontrolar o orçamento doméstico”, destacou.

Clique aqui para conferir a pesquisa completa no site do Procon-GO.

Deixe um comentário