Ad
Home Últimas Notícias PRF reforça efetivo em 50% durante o Carnaval, feriado com maior número...

FERNANDA MORAIS

Insp. Alessandra 23,02,17 (6)A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciará a Operação Carnaval 2017 a partir desta sexta-feira (24/2). O reforço no policiamento nas BRs goianas seguirá até a meia-noite da próxima quarta-feira (1º) e será uma extensão do Programa Rodovida, iniciado em 16 de dezembro do ano passado.

A inspetora-chefe da PRF em Anápolis, Alessandra Carneiro (foto), disse que a delegacia sediada na cidade é responsável por fiscalizar 498 quilômetros de rodovias em Goiás. Segundo ela, o efetivo local será aumentado em 50% e o foco do trabalho será o combate a alcoolemia, ultrapassagens em locais proibidos, excesso de velocidade e uso dos dispositivos de contenção, ou seja, cinto de segurança, bebê conforto, cadeirinhas, assento para crianças, no caso de carros, e capacete para motociclistas.

“Essa é a época do ano com maior incidência de acidentes nas rodovias federais em todo País. Em Goiás não é diferente. É também a época em que mais ocorrem flagrantes de motoristas embriagados nas estradas”, destacou a inspetora-chefe, acrescentando que a PRF local fiscaliza três rodovias que dão acesso a cidades com programação carnavalesca. “A BR-414 liga Anápolis a Pirenópolis e Corumbá, a BR-060 leva vários municípios ao Lago Corumbá. Já a BR-153 é caminho para Goianésia, Jaraguá e Uruaçu”, listou.

Br- 060 23,02,17 (2)Alessandra Carneiro informou que somente no período de Carnaval de 2016 foram contabilizadas sete mortes nas rodovias federais de Goiás. Além disso, a PRF registrou 120 acidentes, 4 mil notificações por excesso de velocidade, 382 autuações por ultrapassagens proibidas e 84 multas por embriaguez.

“Pedimos a colaboração de todos os motoristas que vão pegar estrada neste feriado. Sejam responsáveis. Com aumento no fluxo de veículos nas rodovias, o cuidado deve ser redobrado. Para prevenção de acidentes também é necessário verificar se o carro oferece boas condições para viagem. Só assim conseguiremos diminuir os acidentes nas rodovias”, concluiu a inspetora-chefe da PRF.

Deixe um comentário