Ad
Home Últimas Notícias Parceria com programa estadual beneficia setor de confecção e moda Anapolino

‘Cinturão da Moda’ criará polo em municípios goianos para suprir demanda em região da capital

Publicado: 17.02.2022

Foto: Bruno Velasco

Anápolis será um dos polos de confecção para suprir a demanda da região da 44, na capital goiana, que atualmente conta com 16 mil pontos de vendas, sendo responsável pela produção de sete milhões de peças de vestuários por mês e faturando R$ 8 bilhões ao ano. A estratégia do programa Cinturão da Moda, da Secretaria Estadual de Indústria, Comércio e Serviços, em parceria com a Prefeitura, incentiva o empreendedorismo para a geração de emprego e renda. A expectativa é de que com os polos estabelecidos nos municípios, possam ser criados nos próximos dois anos mais de 100 mil empregos.

A primeira-dama de Anápolis, Vivian Naves, que foi uma das grandes incentivadoras da realização do programa junto ao governo estadual, ressaltou que investir na qualificação é um caminho fundamental para melhorar a vida das pessoas. “Investir em mão de obra qualificada no setor de moda é fomentar a economia local, que contribui, assim, com o desenvolvimento e crescimento do Estado”, destacou.

De acordo com o secretário municipal de Indústria, Comércio, Trabalho, Emprego e Renda, Alex Martins, a parceria firmada no programa será estratégica para a reorganização, ampliação e criação de cooperativas de costura em Anápolis, dando oportunidade de renda para centenas de famílias. “O setor de confecção e moda foi um dos grandes afetados pela pandemia. Agora, com essa parceria, vemos a oportunidade ideal para dezenas de profissionais da costura no município. É fazer conectar nossa mão de obra qualificada à grande demanda da região da 44”, disse.

Deixe um comentário