Ad
Home Destaques Procon Anápolis acompanha preços de combustíveis nos postos

Levantamento realizado em julho tem propósito de incentivar consumidores a economizar no ato da compra

Publicado: 24.07.2022

O Procon Anápolis realizou, nos dias 11 e 12 de julho, um levantamento de preços em 16 postos de combustível da cidade. O litro de etanol foi o que apresentou a maior variação (12,78%), com menor preço encontrado a R$ 4,07 e o maior a R$ 4,59. O diesel comum teve a segunda maior diferença (9,27%), com valor entre R$ 7,15 e R$ 7,79. Em seguida está o óleo diesel S10, que apresentou variação de 8,83%, com preços entre R$ 7,25 e R$ 7,89.

A gasolina aditivada teve a menor variação (3,45%), com menor preço encontrado a R$ 5,79 e o maior a R$ 5,99. Os preços refletem a realidade praticada no momento da coleta, podendo sofrer variações para mais ou para menos, já que tais produtos não são tabelados. O órgão atua na fiscalização dos valores cobrados nos postos de combustível do município para resguardar o consumidor anapolino de práticas de preços abusivos.

“Atualmente o Procon, por meio de seu departamento de fiscalização, está em operação de adequação dos postos com o Decreto Federal n° 11.121/2022, que determina que os estabelecimentos informem ao consumidor os valores cobrados na data de redução do ICMS, podendo compreender a economia que está fazendo ao abastecer naquele fornecedor”, ressalta o gerente de fiscalização do Procon Anápolis, Henrique Oliveira Martins.

O órgão orienta que os consumidores devem ter o hábito de pesquisar os preços dos produtos antes de realizar qualquer compra. Esse cuidado é necessário devido às grandes variações de preço de um estabelecimento para o outro.

Gás de cozinha

O Procon Anápolis também pesquisou quanto o consumidor anapolino está pagando pelo gás de cozinha. De acordo com levantamento do órgão, realizado entre os dias 18 e 19 de julho, em oito estabelecimentos da cidade, o botijão de 13 quilos, quando comercializado no próprio local, sofreu variação de 19%, com valor oscilando entre R$ 105 e R$ 125. Já para receber em domicílio, o valor do mesmo produto variou entre R$ 115 e R$ 130 (diferença de 13%).

Já o cilindro de 20 quilos, com entrega em domicílio, sofreu variação de 14%, com preço entre R$ 175 e R$ 200. O cilindro de 45 quilos, entregue em casa, sofreu variação de 10%, com preço entre R$ 410 e R$ 450. Durante o levantamento, foram coletados preços à vista e pagamentos com cartão de crédito, que sofreram acréscimo de R$ 5 em alguns estabelecimentos.
Os galões de água mineral de 20 litros também apresentaram variação entre as distribuidoras. A porcentagem de diferença encontrada foi de 60%, sendo R$ 10 o menor valor e R$ 16 o maior, com entrega em domicílio. Para conferir as duas pesquisas na íntegra, consulte https://www.anapolis.go.gov.br/pesquisas-procon/.

Deixe um comentário