Home Política José de Lima vai sair do PDT para garantir palanque

O ex-deputado confirma que sua saída do PDT deve-se ao rompimento com o casal George e Flávia Morais, que comanda o partido em Goiás. Atrito vem da eleição de 2014

MARCOS AURÉLIO SILVA

Sem espaço no PDT, o ex-deputado estadual José de Lima negocia a desfiliação do partido e já mantêm conversas com outras siglas que tem o interesse em recebê-lo. O objetivo dele é conseguir legenda para a disputa de prefeito de Anápolis, em 2016.

José de Lima evita falar com quais partidos está negociando a sua filiação. Ele teme que a divulgação possa gerar algum conflito, mas o certo é que a principal condição do ex-deputado é mesmo a disputa majoritária. Em entrevista ao Canal Anápolis (Canal 5 da Net), Lima reafirmou que ser prefeito e seu “sonho” na área pública, que já tem um plano de governo e que deseja realizar investimentos em setores básicos. “Eu quero é ajudar o povo. Quero melhorar a infraestrutura e a educação em nosso município”, disse.

A data para filiação e troca de partido para quem vai disputar a eleição vai até abril de 2015. Esse novo prazo concedido pela Justiça Eleitoral será aproveitado por José de Lima para avaliar qual dos três partidos que ele tem mantido diálogo será o mais atraente em relação ao projeto para disputa majoritária no município.

“É preciso pensar bem, saber e conhecer os companheiros que vão trabalhar com gente, mas tenho certeza que todos os partidos com que tenho conversado são sérios e estão certinhos. Agora eu vou analisar tudo com calma até a data de filiação. O certo é que vou trocar de partido”, comentou o ainda pedetista.

O motivo apontado pelo ex-deputado para sua saída do PDT é o rompimento com a deputada federal Flávia Morais, que é esposa do ex-prefeito de Trindade George Morais, atual presidente estadual do partido. José de Lima relata que na última eleição, em 2014, optou em não apoiar a candidatura de Flávia Morais, o que “gerou mágoas”. Para que não ocorra como em 2008, quando José de Lima acalentava abertamente o projeto de disputar a Prefeitura de Anápolis, mas no último dia para as convenções partidárias que definiram os nomes que concorreram àquele pleito, o PDT de Anápolis sofreu uma intervenção do comando regional e frustrou os projetos do empresário. O pedetista foi obrigado a engolir as ordens do casal Euler Ivo e Isaura Lemos e sair de cena.

“Eu soube por meio de outros companheiros que já mandaram o recado que eu não serei candidato a nada. Isso porque o diretório não vai deixar, então o melhor é procurar outro”, relata o ex-deputado ao expor qual o posicionamento do diretório regional quanto ao seu desejo de ser candidato a prefeito de Anápolis.

José de Lima não abre mão de ser candidato a prefeito de Anápolis. Ele que disputou a últimas eleições municipais visando também o cargo executivo da cidade, e ficou em segundo lugar com 3,62% dos votos, perdendo para o petista Antônio Gomide. O ex-deputado agora promete apostar nos feitos de seu mandato na Assembleia, concluído em 2014, como vitrine para a campanha majoritária. “Fizemos muitas coisas, levantei muitas questões com o senhor governador. Então a gente fez muitas coisas, mas tem hora percebemos que faltou bastante, pois há muito a ser feito pela cidade, mas é por isso que estamos lutando”, disse.

O ex-deputado pretende repetir a estratégia usada nas últimas eleições municipais. O pré-candidato aponta que não tem muitos investidores em sua campanha, e que tudo será bancado por ele próprio. “Sempre fiz assim. Sempre foi assim comigo. O que eu vou intensificar nessa campanha será aquela conversa entre os companheiros que me conhecem que podem contar para os eleitores a minha forma de ser e como eu pretendo administrar a cidade”, destacou ao apontar que vai apostar em uma campanha boca a boca. “Eu quero que as pessoas que estejam ao meu lado somem com as ideias. O dinheiro de mexer o doce eu tenho, isso nunca faltou. Agora para fazer farra não tem. Quem faz farra com dinheiro em campanha é porque tem alguém repassando, e aí depois a gente vê isso que está acontece

Deixe um comentário