Ad
Home Destaques HMI realiza 16ª cirurgia de separação de gêmeos siameses nesta quarta

hmi-realiza-16-cirurgia-de-separacao-de-gemeos-siameses-nesta-quarta-13
As gêmeas siamesas Júlia e Fernanda Neves, de cinco meses, serão submetidas a cirurgia de separação nesta quarta-feira (13/1), a partir das 7 horas, no Hospital Materno Infantil (HMI), em Goiânia. As bebês, naturais de Itamaraju (BA), são unidas pelo tórax e abdômen, compartilhando o fígado e uma membrana do coração. Esta será a 16ª separação de gêmeos siameses a ser realizada no HMI.
Elas chegaram à capital goiana em agosto de 2015, acompanhadas pelos pais Valdenir Neves e Lindalva Nascimento de Jesus, para serem monitoradas de perto pela equipe multiprofissional do HMI, liderada pelo cirurgião pediátrico Zacharias Calil. Durante esse período, ficaram hospedadas na Casa do Interior de Goiás, e na última segunda-feira (11 de janeiro) foram internadas para se prepararem para o procedimento.
O procedimento cirúrgico, que deve durar aproximadamente oito horas, vai envolver cerca de 15 profissionais, entre cirurgiões pediátricos, anestesistas, ortopedistas, médicos intensivistas, cirurgiões plásticos, cirurgiões vasculares, pediatras, enfermeiros, cardiologista, entre outros.
A cirurgia das gêmeas Júlia e Fernanda é considerada bem parecida à das gêmeas Maria Clara e Maria Eduarda, realizada em setembro de 2015. “Do ponto de vista anatômico, é muito semelhante. Já no ponto de vista fisiológico, esse caso oferece menos risco pois as gêmeas não possuem nenhuma doença de base, como a hipertensão arterial, por exemplo. E isso é um fator que as favorece”, detalha Zacharias.

Deixe um comentário