Ad
Home Últimas Notícias Detento liga para rádio e reclama de falta de tratamento médico

cadeia

De dentro da Unidade Prisional de Jaraguá, no centro de Goiás, um detento conseguiu ligar para uma rádio da cidade e reclamar, ao vivo, de falta de tratamento médico. A Superintendência Estadual de Administração Penitenciária (Seap) confirmou que a ligação foi originada de dentro da cadeia. Na conversa, Júlio César Pereira Siqueira conta que está com úlcera e não estava recebendo os cuidados necessários.

No áudio, o radialista pergunta quem está falando e o detento responde: “É (sic) eu, Júlio César Pereira Siqueira, aqui do presídio de Jaraguá. Eu estou com uma úlcera atacada no estômago, eu estou morrendo aqui dentro dessa cadeia. Quando leva no hospital, não pode ficar lá, porque não tem agente para ficar lá com a gente. Eu tô morrendo, eu não to aguentando mais. Tô falando de dentro de uma cela, ta aqui o telefone, vou entregar para eles. Eu não aguento mais não” (sic), reclama.

Surpreso, o locutor questiona: “Rapaz, você tá falando de dentro da cela com o celular, é isso?”. O preso responde positivamente.

A Seap confirmou que a ligação foi feita de dentro do presídio. No entanto, afirmou que o detento tem recebido sim atendimento médico. Conforme o órgão, na segunda-feira (22), ele foi atendido no Hospital Municipal de Jaraguá e passou por exames nesta terça-feira (23). Ainda segundo a Seap, o aparelho celular já foi recolhido. O uso do telefone deve ser comunicado à Vara de Execução Penal.

Deixe um comentário