Ad
Home Últimas Notícias Capacidade de exames para Covid-19 no Lacen será ampliada

A partir de segunda-feira, dia 13, até 250 exames por dia

Para ampliar a capacidade do Laboratório Estadual de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen-GO) na realização de testes para coronavírus 2019 (Covid-19), o Governo de Goiás, por meio da Superintendência da Polícia Técnico-Científica (SPTC) da Secretaria da Segurança Pública de Goiás (SPPGO), cedeu, por um período de 180 dias ou enquanto durar a pandemia, um aparelho pipetador automático Qiagility para a Secretaria da Saúde de Goiás (SES-GO).

O equipamento vai permitir que sejam realizadas até 92 processamentos de amostras de secreções por fluxo, ampliando a capacidade dentro do laboratório. A superintendente de Vigilância em Saúde (Suvisa), Flúvia Amorim, garante que o Lacen-GO terá avanços com esse novo equipamento na unidade.

“Acreditamos que, a partir da próxima segunda-feira, sejam feitos até 250 exames por dia, podendo diminuir o tempo de espera para os resultados”, comemorou. Flúvia acrescenta que os resultados dos exames são necessários também para que os dados epidemiológicos da doença sejam monitorados.

Para o diretor administrativo do Lacen-GO, Rafael Souza Guedes, a união de esforços do Governo de Goiás para ampliar a capacidade do laboratório colabora para a saúde da população goiana. “Além do equipamento, a SPTC também doou insumos necessários para o funcionamento do pipetador. Agora, vamos conseguir realizar mais exames num mesmo intervalo de tempo, garantindo diagnósticos mais rápidos”, agradeceu.
União de esforços

O pepitador cedido para a SES-GO estava em operação no Laboratório de Biologia e DNA Forense da SPTC e, devido à pandemia Covid-19, o superintendente da unidade, Marcos Egberto Brasil de Melo, contou que todos participantes do Conselho Nacional de Dirigentes de Polícia Científica (CONDPC) iniciaram interlocuções com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça, buscando identificar possibilidades de colaborar neste período de pandemia.

“Após várias discussões, em nível nacional, percebemos que a Polícia Científica poderia colaborar, disponibilizando os aparelhos que realizam exames pelo método PCR, o mesmo usado para diagnóstico de coronavírus, aos laboratórios públicos”, lembrou o superintendente que, de imediato, entrou em contato com os gestores da Saúde estadual para promover esse reforço para Goiás.

Marcos Egberto ressaltou, ainda, que outras parcerias poderão ser firmadas, desde a cessão de outros equipamentos e até mesmo mão de obra especializada. “Nossos peritos são técnicos aptos a atuar em laboratórios e, conforme necessidade da SES-GO, estaremos à disposição.”

Comunicação Secretaria da Saúde

 

Deixe um comentário