Ad

Sistema por aplicativo de celular garante atendimento sem aglomerações

Foto: Bruno Velasco – Dircom

A saúde não pode parar e no combate ao coronavírus a Prefeitura de Anápolis coloca mais uma vez a tecnologia à disposição da população de forma segura e responsável. Trata-se do Teleatendimento em Consulta: um jeito prático, fácil e cômodo que protege o paciente e o profissional de saúde.

Eliana Correia, moradora do Calixtolândia, foi uma das primeiras a conhecer o sistema. Ela tinha que mostrar o resultado de seus exames à ginecologista e nunca pensou que seria tão ágil e seguro. “Eu estava preocupada. Tinha que levar os exames e ela tirou todas as minhas dúvidas. Ao mesmo tempo, tem a questão de evitar aglomeração por causa do coronavírus. Foi a melhor coisa que fizeram! Está aprovado”, conta.

E realmente a comodidade faz a diferença, principalmente com a necessidade do distanciamento social. Elaine foi atendida dentro de sua casa por vídeo. Do outro lado, na Unidade de Saúde da Mulher, a ginecologista Márcia Xavier, analisou seus exames e fez o diagnóstico. Tudo por meio de um aplicativo no smartphone.

“Esse atendimento veio a acrescentar. Não podemos nos furtar dos auxílios tecnológicos nesse período do coronavírus. É essencial para manter o distanciamento e, ao mesmo tempo, manter os atendimentos com segurança para todos”, ressalta a médica.

O teleatendimento em consultas funciona de forma rápida e prática nas seguintes especialidades: endocrinologia; reumatologia; ginecologia e dermatologia, além de clínica geral e nutrição. O agendamento é feito por meio do Zap da Prefeitura (http://www.anapolis.go.gov.br/portal/zapdaprefeitura/), acessando o grupo de consultas. Os retornos de outras especialidades também podem ser feitos por vídeo, tudo vai depender do critério médico.

“Não podemos parar os atendimentos. No combate ao coronavírus, a Prefeitura já saiu à frente e, mais uma vez, colocou a tecnologia à disposição dos anapolinos de forma segura e responsável”, destaca o secretário municipal de Saúde, Lucas Leite.

Passo a passo do Teleatendimento em Consulta

– Agende no Zap da Prefeitura (grupo de Consultas);

– Fique atento ao celular no horário da consulta marcada, pois o médico vai ligar no seu celular por chamada de vídeo;

– Escolha um local sem nenhum barulho para melhor qualidade da consulta;

– Idosos e crianças devem estar acompanhadas de um responsável maior de 18 anos para que possa auxiliar o paciente e sanar as dúvidas com o médico;

– Receitas, atestados, encaminhamentos e pedidos de exames ficarão disponíveis na recepção da unidade em que foi feito o Teleatendimento no dia seguinte. O paciente ou qualquer pessoa da família, maior de 18 anos e menor que 60 anos, poderá buscar com o cartão do SUS ou carteira de identidade do paciente.

 

Deixe um comentário