Ad
Home Últimas Notícias Sedi apresenta potencialidades a negociadores no Fórum Goiás-Espanha

Localização estratégica e infraestrutura favorecem o Estado na prospecção de negócios. Foram apresentadas as estruturas em Anápolis, como o Aeroporto de Cargas, a Plataforma Logística, o Porto Seco, as estruturas rodoviárias e ferroviárias destinadas às operações comerciais

Publicado: 22.07.2021

A localização estratégica de Goiás, exatamente no centro do país, o que favorece à logística de distribuição de produtos para todas as regiões, aliada à infraestrutura para operações e aos recursos inovadores no Estado, deram o tom inicial da apresentação do secretário de Desenvolvimento e Inovação de Goiás, Marcio Cesar Pereira, durante o Fórum Goiás-Espanha. O evento reuniu, virtualmente, nesta quarta-feira (21), numa ação de prospecção de negócios, os convidados do setor de comércio da Espanha e representantes do Governo de Goiás.

A reunião teve como pauta principal a apresentação das potencialidades comerciais e turísticas com possibilidades de intercâmbios e cooperação entre a Espanha e Goiás. O secretário apresentou as estruturas localizadas em Anápolis, como o Aeroporto de Cargas, a Plataforma Logística, o Porto Seco, as estruturas rodoviárias e ferroviárias destinadas às operações comerciais.

A novidade ficou para a apresentação do novo Centro de Excelência em Tecnologia Ferroviária, que se encontra em fase de instalação em Anápolis. O CETF permitirá que, a partir de Goiás, aconteçam as soluções ferroviárias para todo o país. Marcio falou também aos negociadores espanhóis sobre o Centro de Inovação em Empreendedorismo, que está em construção em Goiânia, cuja proposta é de integrar governo, universidades e sociedade.

“O Governo do Estado tem investido bastante nas potencialidades humanas, especialmente com foco nos jovens. Temos centros de formação técnica do Ensino Médio e as Escolas do Futuro, que já são em cinco unidades. Sem falar na Escola do Futuro em Artes Basileu França, voltada para a formação artística e a criatividade dos jovens”, afirmou Marcio Cesar Pereira.

Finalizando sua fala aos espanhóis, o secretário citou projetos que poderão interessar aos negócios bilaterais, como a elaboração do mapa da energia solar em Goiás; o programa de aproveitamento da biomassa para a fabricação do biogás; o Centro de Excelência em Agro Exponencial Rio Verde (Ceagre); o Centro de Excelência em Inteligência Artificial (Ceia), parceria entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) e a Universidade Federal de Goiás (UFG); e o Polo Farmacêutico de Anápolis, que é o segundo maior centro de produção de medicamentos do país.

Fonte: Secretaria de Desenvolvimento e Inovação

Deixe um comentário