Ad
Home Últimas Notícias OVG transforma realidade de milhares de famílias

Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) realizou 4,5 milhões de atendimentos sociais ao longo de 2021, em todos os 246 municípios do Estado. Resultado que representa um aumento de 50% no número total de atendimentos registrados pela OVG, em 2020. Entre os benefícios sociais estão: cadeiras de rodas, colchões d’água e de caixa de ovo, muletas, bengalas, fraldas geriátricas e infantis, enxovais de bebê, leite, cestas básicas

Publicado: 31.01.2022

A família do senhor Nilo Alves dos Santos, de 73 anos, vive em situação de vulnerabilidade social. Acamado, ele precisa de colchão especial, para evitar feridas na pele, e cadeiras de rodas. Sem condições financeiras para arcar com os gastos do tratamento do idoso, os parentes, que vivem da coleta de materiais recicláveis nas ruas de Goiânia, viram a condição da família se agravar, nos últimos meses. Ao buscar ajuda do Governo de Goiás, por meio da OVG, encontraram o apoio que tanto precisavam.

Cadastrada na OVG, por intermédio de um vizinho, essa foi a segunda vez que a família recebeu donativos, entre eles, duas cadeiras de rodas (padrão e de banho), um colchão caixa de ovo, um kit de fraldas descartáveis geriátricas, uma cesta de frutas, verduras e legumes, por meio do Banco de Alimentos, e três unidades do Mix do Bem. A OVG também destinou dois frascos de óleos curativos para tratamento de escaras e uma bengala para a filha do senhor Nilo, Francinete Alves dos Santos, de 47 anos, que cuida do pai em tempo integral.

“Foi um alívio muito grande quando tivemos contato com o pessoal da OVG. Eles vieram na nossa casa, trouxeram as doações que meu pai precisa e ainda foram além, trouxeram até alimentos. Isso pode parecer pouco, mas nós nunca tínhamos sido tão bem tratados por alguém, como estamos sendo agora, pelo governo. Eu até me emociono, porque essa ajuda mudou nossa vida de verdade”, relatou Francinete.

À frente da Organização, a presidente de honra da OVG e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado, enfatizou que ajudar quem realmente precisa é uma das principais preocupações do Governo do Estado. “Sempre que nos deparamos com casos como o do senhor Nilo, nos mobilizamos para que a ajuda chegue o quanto antes. Quem precisa do benefício social não pode esperar, são necessidades urgentes. Também é nossa obrigação checar se a família precisa de algo a mais, se têm comida em casa, se precisam de alguma outra coisa além do habitual. Política social de verdade é isso: ir até quem precisa e ajudar em todas as frentes e sem demora”.

Apesar de toda a dificuldade, a família do senhor Nilo não perdeu a esperança, o sentimento foi de gratidão. “Estamos muito felizes mesmo, só temos que agradecer à OVG por ter vindo à nossa casa e nos ajudado tanto. Hoje, respiramos aliviados porque recebemos o que a gente tanto precisava”, disse Francinete.

Programas e projetos
O Governo de Goiás, por meio da OVG e do GPS, é referência quando o assunto é assistência a pessoas em situação de vulnerabilidade. Ao longo de 2021, cerca de 4,5 milhões de atendimentos foram realizados, em todos os 246 municípios goianos. Resultado que representa um aumento de 50% no número total de atendimentos registrados pela OVG, em 2020.

Entre os benefícios sociais distribuídos pelo Governo do Estado estão: cadeiras de rodas (modelos padrão, reforçada e higiênica), colchões d’água e de caixa de ovo, muletas, bengalas, fraldas geriátricas e infantis, enxovais de bebê, leite (fórmula infantil), cestas básicas, cobertores, malhas compressivas para vítimas de queimaduras, brinquedos, além de bolsas de estudos do programa Universitário do Bem (ProBem), e frutas, verduras e legumes, por meio do Banco de Alimentos.

Para contribuir ainda mais com a segurança alimentar das famílias, o programa NutreBem, iniciou a distribuição do Mix do Bem, alimento nutritivo que inclui arroz, proteína de soja, cenoura, tomate, alho e cebola desidratados e não contém gorduras trans, gorduras saturadas ou lactose. O produto é de preparo rápido e rende até 10 porções nutricionais.

A diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado, afirmou que além do serviço de assistência social, os colaboradores da OVG se preocupam com a humanização do atendimento. “Temos uma atenção especial com o atendimento às famílias, sabemos que são pessoas que precisam muito dos donativos, mas que também precisam de atenção, de cuidado e de acompanhamento. Não basta levar uma doação hoje e nunca mais voltar, é preciso mostrar que estamos sempre de portas abertas àqueles que se encontram em vulnerabilidade social”.

Fonte: Organização das Voluntárias de Goiás (OVG)

Deixe um comentário