Ad
Home Destaques Caiado assina decreto que promove 1.362 policiais penais de Goiás

Ronaldo Caiado assina promoção de policiais penais: “Agora sim, essa carreira vai ser oxigenada e valorizada” (Fotos: Hegon Corrêa)

Documento, que também prevê carreira e redistribuição de cargos dos servidores da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), é fruto da Lei nº 1.390/22, sancionada em abril. Na oportunidade, o governador agradeceu o empenho das forças policiais que, desde 2019, tem resultado na queda dos índices de criminalidade

Publicidade: 27.05.2022

O governador Ronaldo Caiado autorizou, nesta quinta-feira (26/5), a primeira promoção de 1.362 policiais penais de Goiás, ligados à Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP). “São homens e mulheres que há 10 anos esperavam exatamente esse momento”, sublinhou. O anúncio é fruto da Lei nº 1.390/22, sancionada em abril, que também prevê a redistribuição de 2.850 cargos. “Agora, sim, essa carreira vai ser oxigenada e valorizada”, completou o governador.

Ao assinar o decreto, Caiado lembrou seu histórico pessoal de empenho em prol da categoria. “Era senador quando a Polícia Penal foi reconhecida como força de segurança. E, no meu governo, temos a humildade de fazer com que esse segmento seja valorizado. Vocês têm profissão e, como tal, ela será resguardada dentro de todas as prerrogativas”, garantiu aos policiais penais presentes na solenidade, realizada no auditório da Associação dos Magistrados de Goiás (Asmego), em Goiânia.

O governador agradeceu o empenho das forças policiais que, desde 2019, tem resultado na queda dos índices de criminalidade. “Temos o Estado mais seguro do país. Somos o 1º lugar em referência de segurança pública”, salientou. Ele também acenou aos recém-promovidos, que remodelaram a estrutura do sistema carcerário, impedindo “as cabeças mentoras do crime” privadas de liberdade de comandar ações nas ruas.

O diretor-geral de Administração Penitenciária, Josimar Pires, que trabalha desde 2010 no sistema prisional, definiu a data como um grande marco para a categoria. “Nunca tivemos um decreto de promoção, ou sequer um governador de Estado presente em um evento da corporação”, comentou. “Os investimentos feitos [pelo governo estadual] na Polícia Penal proporcionam crescimento em uma escala além do que esperávamos”, completou.

O secretário de Segurança Pública, Renato Brum, afirmou que a eficiência das polícias é resultado de um trabalho de integração. E a Polícia Penal, que até pouco tempo sequer existia, hoje colhe os frutos da excelência do trabalho de controle carcerário. “É um dia histórico, porque esses bravos homens arriscam suas vidas todos os dias, literalmente, no corpo a corpo”.

Além da promoção da Polícia Penal, o governador já autorizou a reestruturação de carreira do Corpo de Bombeiros; assinou a Lei de Integralidade e Paridade da Polícia Civil e extinguiu a 3ª classe da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO). O Estado também lançou, recentemente, edital para concurso público com mais de 1,6 mil vagas na PMGO.

Líder do governo na Assembleia Legislativa, o deputado Bruno Peixoto falou sobre a tramitação da proposta no legislativo, e revelou que Caiado “não titubeou” ao assinar o documento. “São mais de mil promoções, isso sim é valorização. No governo passado isso não tinha, agora tem”, avaliou. Já seu colega de parlamento, Coronel Adailton, reconheceu a eficiência da atual gestão. “Precisamos de um governador que tenha pulso firme, como o senhor tem, e nos permita fazer nosso trabalho”, disse a Caiado. O evento contou com a presença de lideranças da segurança pública e autoridades.

Fonte: Secretaria de Comunicação (Secom)

Deixe um comentário