Ad
Home Destaques Projeto Anapolino visa vínculo familiar distante de aparelhos eletrônicos

Anjinhos do Cerrado conta com parceria da Prefeitura e acontece no Kartódromo de Anápolis, às segundas-feiras

Publicado: 08.06.2022

Foto: Ana Laura Zanni

A correria do dia a dia tem atribulado o cotidiano das famílias e feito com que as crianças se tornem cada vez mais dependentes dos dispositivos eletrônicos e das interações com o mundo virtual. “Em uma festa, presenciei um pai indo atravessar a cidade para buscar um celular para acalmar seu filho e pensei: Tenho que fazer algo a respeito disso”, explica Maycon Roriz, que com sua esposa Alexandra Roriz fundaram o projeto Anjinhos do Cerrado, em setembro de 2021.

Com o intuito de mudar um pouco esse cenário, todas as segundas-feiras, às 19h, as famílias que estão à frente do projeto reúnem pais e filhos para pedalar ou fazer caminhadas no percurso do Kartódromo de Anápolis. “A ideia vai muito além de ocupar esse espaço de excelência esportiva. É contribuir na construção de vínculos e novos hábitos saudáveis”, explica o diretor de Esportes da Secretaria de Integração Social,

Na sequência, a diversão vai para os boxes com brincadeiras populares que envolveram gerações, como amarelinha, pique-pega, e outros tipos de recreação. O encerramento é com um lanche comunitário levado pelas famílias. “Gosto de tudo o que acontece aqui, principalmente de poder pedalar e dar um tempinho para parar de mexer no celular e no tablet”, conta Sara Schirmer, de 11 anos, que participa desde o início da ação.

Há cinco meses, os pais Emival Ribeiro e Daniela Alves participam do projeto com os pequenos Daniel, de 9 anos, e Miguel, de 7 anos. “Toda segunda, mal encerro o expediente do trabalho e eles já me cobram para irmos à noite para o Anjinhos”, conta Emival, que entende a oportunidade como forma de integração entre as crianças, em um espaço seguro. O projeto conta com o apoio da Prefeitura de Anápolis, com patrocínios pontuais de empresas parceiras e de apoio das famílias participantes.

Iniciativa

“Além desta questão de saúde, temos algumas crianças em processo de luto por terem perdido os pais para a Covid-19 e outras que estão em um contexto de separação na família”, conta Alexandra Roriz, que aponta como o Anjinhos do Cerrado tem gerado convívio e bem-estar, de forma a contribuir positivamente nestas realidades.

Os Anjinhos também realizam os “Voos”, eventos realizados em outros ambientes. “Uma criança com um bom desenvolvimento se torna um adulto melhor. Buscamos isso proporcionando o contato com a natureza, palestras, maior interação entre pais e filhos, dentre outras atividades”, explica a estudante universitária Verônica Abreu, de 21 anos, que é Miss Goiás Mundo e concorre ao Miss Brasil Mundo em setembro deste ano. Antes destes concursos, ela já ajudava na organização do Anjinhos e busca dar visibilidade à ação como um exemplo de atividade social importante no contexto atual.

Com um foco colaborativo e não competitivo, o Anjos do Cerrado é um grupo de ciclistas adultos que iniciou suas atividades em fevereiro de 2021, contando com aproximadamente 100 participantes. O Anjinhos teve sua base nesta comunidade, que contempla diferentes níveis de preparo físico, dos mais sedentários aos mais experientes. Todos os dias da semana, eles contam com rotas programadas de acordo com os diferentes níveis.

Anjinhos do Cerrado

Data: Todas as segundas-feiras
Horário: 19 horas
Local: Kartódromo Internacional de Anápolis (Av. Brasil Sul, 7395-7489 – Cidade Jardim)

Deixe um comentário