Ad
Home Últimas Notícias Goiás conquista nota A no Ranking da Qualidade da Informação Contábil e...

Publicado: 28.06.2022

O Governo de Goiás é novamente destaque nacional, desta vez no quesito transparência fiscal. É o que aponta o Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal dos Estados, divulgado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) do Ministério da Economia nesta semana, em que a gestão do governador Ronaldo Caiado obteve a Nota A, ficando na 5ª posição entre os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal.

O ranking da STN de 2022 compara o desempenho nas informações contábeis e fiscais, levando em conta dados do ano anterior. Em relação ao levantamento divulgado em 2021, quando foi o 7º colocado, o Estado de Goiás avançou duas posições e deixou de ser nota B para se tornar nota A. Goiás obteve 96,4% de acertos no ano passado. Em 2020, ficou com 92,9% dos acertos. Em 2019, primeiro ano do ranking, obteve 85,4% dos acertos, demonstrando contínua evolução da qualidade das informações contábeis e fiscais do Estado.

“Goiás nunca viveu algo parecido ao patamar que conseguimos alcançar hoje. Não tem como divorciar equilíbrio e transparência fiscal do bem-estar do cidadão”, frisa o governador Ronaldo Caiado ao citar os investimentos em áreas prioritárias, como saúde e educação, em meio ao “combate à corrupção e bom uso do dinheiro público”.

“A evolução de Goiás no ranking da qualidade da informação contábil e fiscal desde 2019 até agora é um resultado contundente de um trabalho com muita dedicação, competência e comprometimento, que envolve profissionais da área da contabilidade, de tecnologia da informação e de diversas áreas de gestão”, explica a secretária da Economia Cristiane Schmidt. “Essa melhoria na qualidade demonstra que Goiás apresenta informações contábeis e fiscais fidedignas, tempestivas e comparáveis, permitindo o aprimoramento da gestão pública e da transparência a toda a sociedade”, destaca o Superintendente Contábil, Ricardo Borges de Rezende.

A subsecretária do Tesouro Nacional, Selene Nunes, completa que desde 2019 o Estado vem empreendendo esforços e parceria com todos os órgãos e entidades da Administração Pública, para melhoria dos seus padrões contábeis e fiscais, visto que a informação é fundamental para o acompanhamento dos resultados, o aprimoramento da gestão e a recuperação fiscal de Goiás.

Sobre o Ranking

O Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal é uma iniciativa da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), criada em 2019, sempre analisando um ano anterior. O relatório objetiva incentivar a qualificação e consistência dos dados recebidos por meio do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi).

A avaliação da STN é feita com base nas seguintes dimensões: 1) Gestão da informação; 2) Informações Contábeis; 3) Informações Fiscais; 4) Informações Contábeis x Informações Fiscais. O percentual de acertos em cada dimensão forma o Indicador da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal no Siconfi (ICF), que é uma atribuição de notas para o desempenho dos entes no Ranking conforme o seu desempenho percentual, com cinco níveis que vão da letra A até a letra E. (A – acima de 95%; B – 85% a 95%; C – 75% a 85%; D – 65% a 75%; e E – menor que 65% de acertos nas verificações).

Para o Ranking 2022, que analisa dados de 2021, foram consideradas as declarações homologadas no Siconfi até o dia 24/05/2022. O relatório completo pode ser acessado em: https://ranking-municipios.tesouro.gov.br/

Editado por Márcia Fabiana via Secretaria da Economia- GO

Deixe um comentário