Ad
Home Últimas Notícias Goiás deve colher 129,2 mil toneladas de arroz

Estado tem investido no cultivo irrigado e deve aumentar a produção em 7,3% na safra 2020/2021. Safra brasileira do grão está estimada em 11,61 milhões de toneladas

Publicado: 13.05.2021

Goiás deve colher 129,2 mil toneladas de arroz na safra 2020/2021, segundo dados divulgados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), nesta quarta-feira (12/05). O total representa aumento de 7,3% em relação à safra anterior.

A maior parte da produção vem da cultura irrigada, cuja produção é estimada em 116,5 mil toneladas (aumento de 8% em relação à safra passada). O arroz do tipo sequeiro deve totalizar produção de 12,7 mil toneladas (aumento de 1,6%).

A área plantada total de arroz no Estado deve crescer 7,1%, chegando a 24,2 mil hectares (18,2 mil hectares de arroz irrigado). Já a produtividade deve alcançar 5,3 toneladas por hectare (6,4 toneladas por hectare na produção irrigada).

Conforme avalia o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça, é possível destacar o crescimento da área irrigada neste cenário. “Os produtores do Estado estão investindo em áreas de arroz irrigado e, também, há o acesso a variedades mais adaptadas ao clima”, explica. “Além disso, o Governo de Goiás tem desenvolvido ações de incentivo à agricultura irrigada, sobretudo nas regiões Norte e Nordeste do Estado, o que tem estimulado essa produção. Com toda a certeza, é uma tendência a ser continuada.”

Em nível nacional, a produção de arroz deve alcançar 11,61 milhões de toneladas na safra 2020/2021, o que representa aumento de 3,9% em relação à safra anterior. A área plantada é estimada em 1,7 milhões de hectares.

Outros grãos
O 8º Levantamento da Safra 2020/2021 da Conab estima que a produção em Goiás alcance 27,3 milhões de toneladas, deixando o Estado como quarto maior produtor nacional. A estimativa aponta produção de 13,7 milhões de toneladas de soja, 11,6 milhões de toneladas de milho e 1,3 milhão de toneladas de sorgo.

A estimativa também destaca a produção de feijão (296,1 mil toneladas), trigo (214,5 mil toneladas), caroço de algodão (71,1 mil toneladas), girassol (36 mil toneladas) e gergelim (1,5 mil toneladas).

Outras produções
Também foi divulgado nesta quinta-feira, o Levantamento Sistemático da Produção Agropecuária do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (LSPA-IBGE). Os dados apontam como destaque a produção de 74 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, 1,1 milhão de toneladas de tomate e 208,5 mil toneladas de banana.

Foto: Wenderson Araujo / CNA

Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) – Governo de Goiás

Deixe um comentário