Ad
Home Últimas Notícias Inaugurada, unidade de saúde do Maracananzinho já está em funcionamento

Espaço possui estrutura adequada para atender cerca de quatro mil moradores da região

Publicado: 25.07.2022

Foto: Ana Laura Zanni

“A gente precisava de um lugar assim. Agora temos esse postinho lindo”, disse Valquíria Fernandes, 68, moradora do Bairro Maracananzinho durante a inauguração da nova sede da unidade de saúde realizada na manhã desta sexta-feira, 22, abrindo a participação da saúde na programação comemorativa dos 115 anos da cidade de Anápolis.

A opinião da dona Valquíria também é compartilhada pelo Edilson Nunes, 51. Morador do Jardim Bandeirantes e paciente da unidade, ele ficou satisfeito com o que viu. “Já tinha uma equipe maravilhosa e agora, com essa estrutura, ficou perfeito”, ressaltou. A nova sede funciona em local com estrutura adequada para o acolhimento necessário.

Segundo o prefeito Roberto Naves, essa entrega simboliza o lema da atual gestão, que é cuidar das pessoas. “Estamos entregando um espaço adequado para atendimento completo à população dessa região, assim como fizemos em vários outros locais. Cuidando das pessoas e buscando oferecer atendimento cada vez mais qualificado e humanizado”, destacou.

A nova sede da unidade de saúde do Maracananzinho foi estruturada para atender cerca de quatro mil moradores da região. Conta com médicos, enfermeiro, técnico em enfermagem e odontólogo, além de equipe multiprofissional com assistente social, psicólogo e fisioterapeuta. Também tem programas específicos, como acompanhamento de pré-natal, diabetes, hipertensão, saúde do idoso e ainda vacinação para Covid.

Novas cirurgias

Durante a inauguração da unidade de saúde do Maracananzinho, Roberto Naves anunciou mais melhorias para a saúde. A partir da próxima semana, o Hospital Municipal Alfredo Abrahão, entregue em novembro do ano passado, passará a fazer cirurgias de próstata e bariátricas, além de videolaparoscopia (método cirúrgico menos invasivo), tudo pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Antes do novo hospital, não se fazia cirurgias em nossa rede. Agora, além das mais de 3,5 mil já realizadas em várias especialidades, vamos iniciar esses procedimentos como na rede particular”, finalizou.

Deixe um comentário