Home Política PSDB filia 16 prefeitos; 11 de partidos oposicionistas

Discurso de Marconi Perillo tem tom mais nacional, com lembranças da implantação do Plano Real, e também com informações sobre as ações do governo tucano em Goiás

DA REDAÇÃO

O governador Marconi Perillo disse na sexta-feira (14), durante ato em Goiânia que fez parte da campanha nacional de filiações proposta pelo PSDB, que Goiás e os estados do Centro-Oeste não são problema, mas solução para o Brasil, devido aos índices positivos que têm alcançado social e economicamente. A declaração foi dada em videoconferência com outros estados comandados por tucanos.

A videoconferência foi coordenada pelo presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves. “Quero dizer que eu tenho o privilégio de ser de uma região que tem tido papel relevante para o Brasil. Nós aqui no Centro-Oeste não somos problema, nós somos solução para o País. Somos estados que colaboram de forma extraordinária para o superávit das exportações, apesar de não sermos reconhecidos pelo governo federal, que não nos repassa o Fundo de Exportações. Somos o Estado que tem superávit na geração de empregos e no PIB industrial”, disse Marconi.

Marconi anunciou as filiações de 16 prefeitos goianos à legenda tucana, de Arenópolis, Brazabrantes, Buriti de Goiás, Porteirão, Terezópolis, Turvelândia, Quirinópolis, Buriti Alegre, Ouro verde, Água Fria, Cezarina, Doverlândia, Itaguari, Itarumã, Abadia de Goiás, Santo Antônio de Goiás, Padre Bernardo, Itauçu e Silvânia. “Mário Covas dizia que ao PSDB se chega, não se sai. Eu tenho o maior orgulho de ser militante e ser filiado ao PSDB há mais de 20 anos. Seis mandatos pelo PSDB: um mandato como senador, quatro mandatos como governador. É uma honra para mim ser filiado a um partido altamente comprometido com o Brasil. O PSDB contribuiu e contribui enormemente para que o nosso país seja grandioso, m país virtuoso, um país de exemplos”, disse o governador goiano.

Marconi falou sobre a criação do Plano Real, afirmando que a estratégia foi eficaz para redução da inflação na década de 1990. “O PSDB foi responsável pelas grandes reformas que mudaram o Brasil, especialmente as reformas na área econômica. Graças ao PSDB o País tem hoje um serviço de telefonia quase universal. Graças ao PSDB não vivemos uma crise maior em energia. O PSDB foi o responsável pela criação das agências reguladoras também”.

O governador citou ainda realizações de seu governo na saúde pública em Goiás, alcanças por meio da gestão compartilhada entre Estado e organizações sociais, e disse que “Saúde no Brasil tem jeito”. “Aqui nós prestamos serviços de qualidade e respeitamos as pessoas. Essa é a marca do nosso partido. É a marca da probidade, da decência. É a marca do compromisso com princípios, com valores. É a marca da competência em gestão pública, que foca resultados para melhorar a vida das pessoas”.

Ainda se referindo à gestão em Goiás, Marconi afirmou que o Estado pertence a uma região que tem tido papel relevante para o debate político no País. “Somos uma região privilegiada também por termos aqui dois governadores tucanos, eu e o governador [Reinaldo] Azambuja, do Mato Grosso do Sul. E eu espero, Aécio, que a gente possa conseguir trazer o nosso governador Pedro Taques [Mato Grosso], porque assim nós seremos três governadores tucanos na região Centro-Oeste”, concluiu.

Prefeitos que se filiaram ao PSDB:

Arenópolis – Osvaldo Pinheiro Dantas (ex-PMDB)
Brazabrantes – Márcio Antônio Machado (ex-PMDB)
Porteirão – Jose de Sousa Cunha (ex-PMDB)
Terezópolis de Goiás – Francisco Alves de Sousa Júnior (ex-PMDB)
Quirinópolis – Odair de Resende (ex-DEM)
Buriti Alegre – Marco Aurélio Naves (ex-DEM)
Itauçu – Moacir Dias Barbosa (ex-PT)
Silvânia – José da Silva Faleiro (ex-PT)
Itaguari – Agnaldo Divino Gonzaga (ex-PDT)
Padre Bernardo – Francisco de Moura Teixeira Filho (ex-PDT)
Água Fria de Goiás – João de Deus Silva Carvalho (ex-PPS)
Cezarina – João Gladston de Paula Reis Sá (ex-PRP)
Doverlândia – Roberto de Faria Salomão (ex-PRP)
Itarumã – Washington Medeiro do Prado (ex-PTdoB)
Abadia de Goiás – Romes Gomes e Silva (ex-PSB)
Santo Antônio de Goiás – Frederico Marques de Oliveira (ex-PTB)

 

Deixe um comentário