Ad
Home Destaques Força-tarefa contra a dengue planeja vistoriar 10 mil casas em Anápolis

dengueANA CLARA ITAGIBA

A temporada de chuva está de volta e nesta época ressurge também a necessidade de uma maior atenção com os objetos que possam acumular água e assim servir de criadouros para mosquitos Aedes aegypti. Sendo assim, agentes de endemias, agentes comunitários e o Corpo de Bombeiros se unirão na próxima semana para intensificar a força tarefa contra o mosquito que transmite doenças como a dengue, febre zika e chicungunya.

Na próxima segunda-feira (17) os trabalhos acontecem no Bairro de Lourdes, a partir das 7h30, com concentração no feirão coberto do setor. Na terça (18) e quarta-feira (19), a equipe trabalhará nos bairros Filostro Machado, Jardim Primavera e Boa Vista.

O objetivo é visitar cerca de dez mil imóveis. Durante esse período, os moradores também serão orientados sobre como manter a comunidade livre das doenças transmitidas pelo mosquito.

Casos
Até o mês de setembro deste ano, Anápolis apresentou um total de 14.919 casos notificados de dengue, dos quais 10.560 foram confirmados. Em relação aos notificados, segue a tendência nacional, com aumento de 52% comparando 2016 com 2015. Já os números confirmados mostram que o aumento foi de 113%, batendo com a previsão de epidemia que já era esperada.

Segundo a gerente de Vigilância Epidemiológica do município, Mirlene Garcia, houve um período de seca e, naturalmente, os casos de dengue diminuem. Mas os cuidados devem ser redobrados agora com a chuva, pois é nesse período que o lixo e outros objetos que acumulam água servem de foco.

“O aumento de casos de dengue é esperado, mas reforçamos que quanto menos mosquito circulando, menor vai ser a tendência de epidemia para o próximo ano. O momento primordial é agora. Outubro e novembro são os meses de eliminar mesmo o mosquito para diminuir os doentes com dengue” ressaltou a gerente.

Deixe um comentário