Ad
Home Últimas Notícias PM de Anápolis estende o Proerd, de resistência às drogas, também aos...

LUANA CAVALCANTE

A Polícia Militar do Estado de Goiás realiza o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) com o objetivo de conscientizar crianças e jovens sobre os riscos da dependência química. Neste ano, a ideia é implementar o Proerd Pais, oportunidade em que os responsáveis também receberão orientações sobre o tema.

O coordenador Técnico do Proerd em Anápolis, o 1º sargento Odair Francisco Borba, ressaltou que muitas vezes a falta de tempo dos pais faz com que eles não conheçam a rotina de seus filhos ou mesmo quem são seus amigos próximos.

“Percebemos que não podemos trabalhar sozinhos, precisamos desse apoio dos responsáveis para combater esse mal”, falou o coordenador técnico do Proerd.

O cronograma de 2017 ainda será montado e a expectativa é que os pais entendam a importância dessa iniciativa e participem. Para as crianças, algumas unidades já começaram a programação na sexta-feira (27/01).

A equipe visitou a Escola Municipal Deputado José de Assis, no Bairro de Lourdes, e algumas unidades de Terezópolis. As atividades são realizadas durante três meses e ao todo serão 10 encontros. “Neste primeiro momento, apenas os alunos do 5º ano da rede municipal receberão as orientações”, detalhou o 1º sargento Borba.

O foco é levar o conhecimento sobre vários temas relacionados ao uso de drogas e violência, aos jovens de 9 a 13 anos. “Temos percebido que essa é a faixa etária em que eles podem ter o primeiro contato com algum tipo de droga”, lamentou Borba.

A equipe do 3º Comando Regional da Polícia Militar (3º CRPM) irá realizar uma visita por semana, uma hora de aula, e falará sobre os conceitos de drogas, a responsabilidade sobre as decisões para o futuro, as consequências e os riscos. Os monitores da Polícia Militar também realizam o Proerd Kids voltado para as crianças das escolas visitadas. A ideia é trabalhar com elas apenas os conceitos de respeito junto aos pais ou responsáveis.

Para o coordenador Técnico do Proerd em Anápolis, é preciso também fazer um trabalho junto com os pais para preparar os jovens para a vida. “Eles precisam entender que o maior tesouro que eles têm são seus filhos. É um trabalho que precisa da ajuda de todos para evitar que esses jovens entrem para o mundo das drogas e da criminalidade”, disse.

Deixe um comentário