Ad

São 240 bolsas para atletas de 20 diferentes modalidades, destas, 24 são destinadas a PCDs

Fonte: Prefeitura de Anápolis

Estão abertas até o dia 21 de fevereiro as inscrições para o programa Bolsa Atleta 2020. Trata-se de um incentivo financeiro para que atletas de várias modalidades tenham condições de investir na sua carreira desportiva. Os interessados em participar do processo seletivo já podem ir à Secretaria Municipal de Esportes, no período matutino (das 8h às 12h) ou vespertino (das 14h às 17h). Confira o edital, o formulário de inscrição (modalidades coletivas) e o formulário de inscrição (modalidades individuais). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (62) 3902-1197.

O programa é mais um benefício criado pela Prefeitura de Anápolis para que os atletas, que preencham os requisitos estipulados, possam intensificar os treinamentos de sua respectiva modalidade, tendo uma contribuição financeira para isso, explica o secretário de Esportes, Karim Abrahão. “A Bolsa Atleta contempla, neste edital, os praticantes de atletismo, basquete, boxe, capoeira, ciclismo, futebol/futebol society, futsal, handebol, jiu-jitsu, judô, karatê, kickboxing, muaythai, natação, patins e skate (práticas radicais), taekwondo, tênis, tênis de mesa, vôlei e xadrez”, ressalta o secretário.

Podem participar do processo seletivo atletas que residem em Anápolis, desde que vinculados a alguma entidade desportiva ou escolar sediada na cidade. Estes poderão se inscrever em uma das três categorias de bolsas: Atleta Base 1, que atende crianças com idade entre 8 e 12 anos (auxílio de R$ 250 mensais); atleta Base 2, que atende adolescentes com idade entre 13 e 17 anos (auxílio de R$ 400 mensais); e rendimento, destinada aos atletas de 13 anos ou acima que participam de competições esportivas em âmbito estadual/nacional e estejam ranqueados  entre os 20 primeiros colocados do estado em sua modalidade ou prova específica (auxílio de R$ 550 mensais).

O beneficiado com a bolsa deve utilizar o recurso para cobrir gastos com aquisição de material, equipamento e vestuário esportivo destinados à prática/competição da referida modalidade ou para custear despesas devidamente comprovadas para: treinamento, inscrições em competições, passagens para eventos esportivos nacionais e/ou internacionais, transporte para o atleta em treinamento ou competição e hospedagem/alimentação durante o evento esportivo. A Prefeitura vai conceder 240 bolsas e 10% (24 bolsas) delas são destinadas ao paradesporto. Confira a lei Nº 3.965, a partir do Art. 2º, que fala sobre o Bolsa Atleta.

Modelo de treino

Modelo declaração da entidade de administração do esporte

Deixe um comentário