Ad
Home Últimas Notícias Proprietário de veículo agora pode escolher onde fazer vistoria

Após credenciamento, 50 empresas estão aptas a realizar o serviço. Expectativa é de que novo modelo, com diversas credenciadas, aumente o número de postos de atendimento e contribua para a queda do valor do serviço

Publicado: 03.03.2022

Atualmente, outras 100 empresas estão em fase de credenciamento. Em dois meses, a previsão é de que o número de postos de atendimento no Estado chegue a 300. O preço máximo fixado pela autarquia para a cobrança da vistoria é R$ 108, valor praticado pela Sanperes desde junho de 2019, quando o Governo de Goiás determinou a diminuição da taxa que, então, custava R$ 175,76.  A expectativa é de que a concorrência, a partir de agora, contribua para a redução do valor da vistoria.

O contrato com a concessionária Sanperes foi encerrado no dia 28 de fevereiro, depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) declarou a concessão inconstitucional, no final de 2020. Desde então, iniciou-se o processo de transição para o modelo de credenciamento. A empresa detinha exclusividade para prestação do serviço desde 2015.

Cobertura em todo o Estado

Para a prestação do serviço, o Estado foi dividido em 18 microrregiões. A proposta é que, em cada uma delas, haja pelo menos uma empresa prestando serviço de vistoria veicular. “O Governo de Goiás está trabalhando para facilitar a vida do cidadão. Estamos estipulando um valor máximo para o serviço de vistoria, o que barateia o custo, além de diminuir o tempo de espera, com o aumento de empresas para fornecer o serviço no Estado”, explica o diretor de operações do Detran-GO, Juliano Bezerra.

A vistoria veicular é pré-requisito obrigatório para alguns serviços do Detran-GO, como transferência de propriedade de veículo e transferência de município. Por mês, estima-se que sejam realizadas 57 mil vistorias em todo o Estado.

Como ficam os serviços

A migração da Sanperes para as empresas credenciadas não deve ter impacto na continuidade da prestação dos serviços aos usuários. Para agendar a vistoria, o interessado deverá acessar o site do Detran-GO (www.detran.go.gov.br), na aba “Veículos/ Agendamento de Vistoria”. Ao escolher o município, será aberta a lista de quais as empresas prestam serviço naquela localidade. Ao clicar na empresa escolhida, o usuário será redirecionado à página da empresa para efetuar o agendamento.

Dentro do seu município, o usuário poderá escolher a empresa que fica mais perto ou a que oferece o menor preço, visto que o valor fixado pelo Detran-GO é o teto, não havendo preço mínimo. Caso o veículo seja reprovado na vistoria, o proprietário tem 30 dias para retornar reaproveitando a taxa paga. O laudo da vistoria também é válido por 30 dias.

Departamento Estadual de Trânsito de Goiás – Governo de Goiás

Deixe um comentário